Governador encaminha projeto de lei à Alego para instalação de biodigestor

O governador Ronaldo Caiado anunciou que encaminhará projeto de lei à Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) que autoriza o repasse de R$ 4 milhões do Tesouro Estadual para instalação de um sistema de biodigestor na Ceasa Goiás. O investimento possibilitará a transformação de lixo em gases energéticos, o biogás, o que dá uma destinação mais sustentável aos resíduos produzidos na central.

 

A Ceasa Goiás produz diariamente cerca de 25 toneladas de lixo, grande parte resíduos orgânicos, o que gera despesa no transporte e descarte no aterro sanitário. “Vejam vocês o quanto estamos avançando e ao mesmo tempo aproveitando e não contaminando o meio ambiente”, diz o governador. Ele destaca que será possível utilizar o biogás no transporte interno e que o sistema gera outro produto: o biofertilizante.

 

No ano passado, a diretoria administrativa começou uma pesquisa para conhecer e trabalhar a possibilidade de instalar um sistema de biodigestor no entreposto de Goiânia. Caiado assinou autorização para aporte financeiro para o projeto durante a I Festa do Pequi da Ceasa Goiás, em novembro de 2021.

 

Após receber parecer favorável da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, à qual a Ceasa é jurisdicionada, e da Secretaria da Economia, que autorizou a realocação do recurso, a matéria será agora encaminhada para aprovação na Alego. “Esse projeto propõe algo inédito. Nunca a Ceasa Goiás recebeu um repasse do Tesouro do Estado”, completa Caiado.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.