Cuidados no plantio aumentam produtividade

O Abacaxi é uma das frutas mais populares do Brasil e o nosso país é um dos maiores produtores do mundo.

Sulcos, covas ou fendas são as técnicas mais utilizadas para o plantio do Abacaxi. Qualquer que seja o método utilizado no cultivo é importante não deixar cair terra na roseta poliar da muda pois isso pode matar a planta.

O plantio em sulcos pede inicialmente o preparo do solo adequado. Após isso a terra é recortada pelo arado criando frestas no solo. As mudas são distribuidas de forma milimétrica, em espaçamento pré determinado ao longo do espaço de cultivo.

A muda/broto tem que ser enterrada em sentido vertical e precisa de acompanhamento para que cresça da forma ideal. Após o processo de plantio é necessario abastecer o local com água, adubo, controle de pragas, e tratos culturais.

Uma das maiores dificuldades no plantio do abacaxi é a Fusariose. A doença é capaz de infectar todas as partes da planta. A estimativa é uma taxa de 30% por cento de perda dos frutos em um cultivo contaminado. Sem contar as pragas.

O tempo de colheita é de cerca de 15 meses e a melhor época de plantio é agosto, setembro e outubro. Mas é possível ter o fruto durante o ano todo. 

Após o crescimento, formação do fruto e colheita o abacaxi é transportado para a Ceasa Goiás e vendido em depósitos e galpões do entreposto.

O ponto ideal de colheita deve analisar o tempo que o fruto leva para ser consumido. Se for abastecer o comercio local, pode quando os frutos estiverem parcialmente maduros.

Já para mercados com a distância maior os frutos precisam está no estádio “de vez”, para atender a qualidade na entrega.

O Abacaxi tem uma boa produtividade chegando colher de 15 a 40 mil frutas por hectare.